Casa Jorge, o Malcriado

by Inga F
Mal Criado

Fotografia: Inga Freitas Photography

O Malcriado faz as melhores pataniscas do MUNDO. (sim, eu sei que pataniscas é só em Portugal, mas é mais uma razão para dizer que são as melhores do MUNDO).

Não me venham com a conversa de que as vossas avós é que as sabiam fazê-las. Ninguém cozinha como a tua avó — é um facto! Mas a vossa avó é a vossa avó e o Malcriado é o Malcriado. E antes de porem as vossas mãozinhas no fogo pelas vossas queridas avós (eu também tenho umas avós muito fofinhas e que cozinham como ninguém) passem pelo restaurante Malcriado.

Na verdade o restaurante chama-se Casa Jorge. Fica em Mateus, Vila Real. Quem for visitar a Casa de Mateus  (mais conhecida como Palácio de Mateus) e não passar por lá, estará a cometer um grande erro. Sim, os jardins da Casa de Mateus são lindíssimos, mas sempre que lá vou, enquanto passeio pelo túnel de cedros e penso naquelas pataniscas tão bem confeccionadas fico com água na boca. Falam-me do Nicolau Nasoni, mas eu já estou a pensar em pedir as pataniscas com batata frita às rodelas temperadas com vinagre (uma sugestão minha). Uma salada fresquinha a acompanhar, com tomate caseiro; o vinho branco da casa que vem sempre à temperatura ideal.  Falam-me do Morgado de Mateus e os seus feitos no Brasil e como arrecadou uma grande fortuna, mas eu questiono-me: quem será a pessoa que cozinha aquelas delícias? De certeza que é uma senhora, e esta senhora é quem deveria fazer fortunas por ter a arte de saber cozinhar: gordos pedaços de bacalhau no ponto, nem salgado nem insosso, sempre acabados de fazer, quentinhos!

A Casa Jorge tem mais iguarias: dizem que o salpicão em vinha d’alhos é excelente. A mousse de chocolate surpreendeu-me!

Tem diárias, mas está sempre aberto à hora do lanche. A última vez que lá fui foi num preguiçoso domingo.

Este espaço é um restaurante, mas gosto mais de pensar que estou numa tasquinha bem cuidada. Parece que volto aos anos 90, quando nos perdíamos por uma vila qualquer aqui no norte.

Coordenadas: Rua Raia 5000 285 VILA REAL
Distrito: Vila Real
Concelho: Vila Real
Freguesia: Mateus
Telefone: 259322879

Anúncios

Homens dentro de garrafas

by Manuela F.

Lembro-me de num jantar, num qualquer restaurante aqui no vilarejo, ter visto uma sequência de serigrafias alusivas ao trabalho árduo no Douro numa altura em que pouco ou nada se falava desta região, durante décadas esquecida: Esboços das vinhas, cacos, garrafas que rolavam pelas encostas, garrafas estas que no seu interior ao invés de vinho, continham homens carcomidos, desgastados e embrutecidos, com rostos sulcados de rugas. Tudo isto vi numa altura em que o Douro ainda não era Património Mundial da Humanidade e nas bancas de jornais não existiam revistas sobre vinhos, dessas que hoje são publicadas aos magotes, em que rios de tinta são gastos a falar do brilhantismo deste e daquele produtor, deste e daquele enólogo, de castas, da acidez dos vinhos, dos taninos e de restaurantes onde se associam néctares à Nouvelle Cuisine. Exaltam-se os chefs como se de estrelas de Hollywood se tratassem.

Obra do acaso, poucos anos mais tarde, fui trabalhar para um local onde se produz vinho desde o séc. XVII. Uvas desta e de outras quintas do Douro, são ainda hoje ali vinificadas. Misturam-se saberes ancestrais com novas técnicas de produção. Daí vermos os velhos lagares de granito ao lado de cubas de inox. Foi aqui que tomei contacto com o vinho e fiz a minha ligação às serigrafias que um dia vi num qualquer restaurante.

 por Nuno Castelo

Homens Garrafa III  de Nuno Castelo